In featured

Provavelmente você não será bem-sucedido aos 30. E está OK





Quando era adolescente imaginava que com 30 anos eu já teria meu apartamento, meu carro e de quebra um emprego dos sonhos com um salário ótimo e que me renderia várias viagens maravilhosas por ano. Na verdade estou chegando cada dia mais perto dos 30 e quanto mais perto mais perdida fico. Depois de desistir da primeira faculdade (uma das melhores decisões da minha vida) estou agora recém-formada em um curso que gosto de verdade mas não sei ainda quais os caminhos quero trilhar. Acho que todo mundo está meio perdido mesmo, independente da fase que está - seja um recém formado ou um concursado.  

Tenho amigos que já passaram dos 30 e ainda estão meio perdidos. Tenho amigos que já conseguiram tudo que eu imaginava ter aos 30 e mesmo assim estão perdidos.  O que sempre me pergunto é: será mesmo que só porque chegamos nos 30 temos que decidir trilhar só um caminho para o resto da vida??  Porque não posso decidir aos 35 que quero seguir no ramo da moda, largar meu cargo Público e começar a costurar? Ou aos 45 resolver virar hippie? Porque não podemos errar e quebrar a cara depois dos 30?? 

Eu particularmente desisti de ser bem sucedida para os padrões ditos "normais" para alguém com 30 anos. Até porque normalidade nunca foi meu forte.  A única coisa que quero ser aos 30 é livre. Livre para poder pintar meu cabelo dá cor que eu quiser, livre para poder arriscar naquele sonho de adolescente, livre pra poder fazer o que quiser com a minha vida e não sentir aquele peso do julgamento alheio e do famoso "nossa você já tem 30 anos e ainda não fez nada na vida".  


E se tem uma coisa que eu fiz foi algo na vida. Cada pessoa que conheci, lugar que visitei, comida que provei historias loucas que vivi e hoje eu posso contar... Todas essas coisas juntas me rendem uma grande lista de coisas incríveis que fiz na vida.


  Desejo que aos 30 você seja livre e que possa se permitir de todos os modos.  

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário! :)