Sobre Produtos Cruelty Free

12:50

Oi seus bonitos! Todo mundo bem por ai?

Gente, hoje eu vou falar de um assunto que eu quero conversar com vocês há um bom tempo, mas nunca consegui sentar e montar esse post: Beleza consciente.



Tem um tempo que eu comecei a perceber o quanto é importante ter consciência de onde vem e como são feitas as coisas que você usa, e que você deve escolher e ter noção das consequências dessas escolhas. Eu to longe de ser a pessoa mais ecologicamente correta do mundo (gente, não consigo nem largar a carne, quem dirá largar tudo que tem origem animal!) Mas eu tenho me policiado muito para pensar em como são feitas essas coisas todas que a gente usa, come, compra, enfim... Eu sei que é difícil, e admiro muito quem consegue. Mas eu sei que eu consigo fazer a minha parte mesmo que sejam nas pequenas coisas - como escolher bem os cosméticos que eu uso. E por isso que vim conversar com vocês sobre produtos Cruelty-free.



Esses produtos são queles que a empresa não testa a fórmula em animais (geralmente domésticos - gatos, cachorros, ratos, coelhos, sapos, etc.) antes de colocar no mercado. Ou seja, nenhum animal é maltratado para você ficar bonita - o que é ótimo. E mais legal que empresas que não testam, são aquelas que além de não testar em animais, investem em pesquisas e estudos para achar formas novas de fazer esses produtos sem o teste em animais. Esse tipo de preocupação por parte da empresa é muito legal.

Muitas empresas colocam na embalagem quando um produto é Cruelty-free, mas nem todas fazem isso. Então, como saber se uma marca testa ou não em animais? 


(foto: Blog Papo de Sofá)

Existem duas lista que vão ser suas melhores amigas no começo (e sempre. Gente, tem meio ano que eu to observando isso na hora de comprar e uso demais essas listas, e ainda assim escorrego sem querer as vezes): A lista de empresas Nacionais, feita pelo PEA e a lista de empresas internacionais, feita pelo PETA. Vou deixar aqui o link para as duas, pada vocês consultarem sempre que tiverem duvidas.


Caso você esteja em dúvida sobre a marca, vale sempre ligar no SAC da empresa e perguntar para tirar suas dúvidas.

E ai gente? Gostaram? Vamos fazer escolhas mais conscientes do que usamos?

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi, Du, que bacana que você fez esse post e está se interessando pelo assunto.
    Mas, olha, esse lance da carne, se você realmente quiser, você consegue tirar sim. E ainda mais em São Paulo que tem vários locais com opções de comidas vegetarianas e/ou veganas, além de vááárias lojas que vendem produtos vegetarianos/veganos (alimentícios) e ainda também os mercados, zona cerealista, etc. Não é tão difícil quanto muita gente pensa, mas é necessária mudança de hábitos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mel!!

      Eu to na tentativa. Consegui reduzir bastante o consumo. Mas ainda não consegui parar de vez. Acho que aqui em São Paulo vai ser mais fácil mesmo, tem muitos lugares legais para comer ou comprar coisas para fazer em casa.

      Beijos! Obrigada!

      Excluir

Obrigada por seu comentário! :)

Popular Posts

Postagens mais visitadas